Bright Innocence

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Chorar, chorar e chorar.

Não é correto lamentarmos pelo fim, não é correto adquirir raiva do mundo porque apenas uma pessoa te magoou, não é correto arrepender-se pelo que fez e/ou deixou de fazer, não é correto culpar apenas o outro, não é correto se fechar e prometer-se nunca se dar uma nova chance, também não é correto encarar uma decepção como uma catastrofe em sua vida. Mas, eu acho que apenas uma coisa é correta, chorar. Chorar sempre será o correto, por para fora toda essa angústia, desilusão, desamor, todos esses sentimentos. Chorar é como um alívio, quando não de alegria, é sentir a dor penetrar em você, e imerso as lágrimas absorvê-la. Chorar não é sinônimo de fraquesa, chorar não é feio. Chorar é não deixar limitar-se pelo o que quer que tenha magoado você. Chorar é uma forma de se libertar, é puro e nunca poderá ser errado. Por isso, seja capaz de chorar, quando sentir que já não pode mais sufocar algum sentimento dentro de você, chore na mesma intensidade em que o sorriso brotou pelos seus lábios no dia da mais perfeita felicidade, não sinta vergonha, nã há do que envergonhar-se. E por último, viva a tristeza, viva cada segundo dela. Porque até na tristeza é possível encontrar beleza, e a vida de todos , mesmo entre as lágrimas, pode ser bela.

Marcadores:

2 Comentários:

Blogger Thaisa Schelles disse...

Nossa que texto lindooo!
Adoreiii...

"Chorar sempre será o correto, por para fora toda essa angústia, desilusão, desamor, todos esses sentimentos."

A gente deveria chorar sempre que a alma da gente não pudesse mais guardar tudo aqui dentro. Beijoss!

16 de julho de 2010 16:59  
Blogger Bell Ferreira disse...

"Chorar sempre será o correto, por para fora toda essa angústia, desilusão, desamor, todos esses sentimentos." (2)

Perfeito! Adorei. *-*

10 de agosto de 2010 19:27  

Postar um comentário

Oi, espero que tenha gostado do Blog, agradeço sua visita e/ou seu comentário, beijos.

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial