Bright Innocence

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Eu cresci, e agora?


Crescer faz parte da vida, amadurecer, lidar com os problemas estabelecer relações sociais, amorosas e se descobrir faz parte do que chamamos de "viver". Apesar de ter certeza que "viver" vai muito além disso, vamos para o título do post.
Conforme crescemos percebemos que as coisas mudam constantemente, o que pensavámos ontem não é o mesmo que hoje, as coisas que gostavámos ontem podem não ser as mesmas de hoje e que -essas coisas- podem já não ser as mesmas de amanhã.
Quando crianças a úncia dor que snetíamos era quando caíamos de bicicleta e ralavámos os joelhos e o cotovelo. Quando nossos pais saiam de fininho, até que a gente se dava conta que era porque não queriam levar a gente, choravámos por brinquedos que queríamos e teimavámos até nossos pais comprá-los. Essas dores eram fáceis, a responsabilidade surgia em ir a força para escola, escovar os dentes, tem de ir para a cama cedo. Essas responsabilidades eram fáceis.
Quando crescemos, as responsabilidades mudam de figura. Nossas vidas mudam de rumo, seguimos objetivos e lutamos para alcançá-los. Temos de ir trabalhar -por dinheiro, por experiência, por ordem natural das coisas- temos que seguir horários, temos que seguir carreira -mesmo que não tenhamos certeza de qual carreira seguir- lidamos com decepções amorosas e não podemos recorrer ao nosso querido diário para desabafar, não temos tempo pra drama. Temos que deixar tudo em ordem em nossas vidas e principalmente deixar tudo em ordem na nossa cabeça, não deve ser tão difícil, é como as nossas antigas responsabilidades; pareciam grandes e na verdade eram pequenas, crescer não deve ser tão difícil, tomara que não seja difícil para sempre.

Marcadores: , , ,

3 Comentários:

Blogger Garota Ambulante disse...

seus textos são a coisa mais linda do mundo <3

13 de abril de 2011 14:42  
Blogger Tânia disse...

éé.. eu chorava quando meus pais saiam sem mim, rs'
eu acredito que um dia.. acontecerá o mesmo que agora: olharemos para traz (o "hoje" será passado) e diremos.. antes era tudo tão mais fácil. rs'
porque tudo parece maior quando está no auge, especialmente quando se trata de sentimentos. é, amiga .. talvez eu esteja errada, mas, ao meu ver .. daqui pra frente serão mais responsabilidades, mais amadurecimento, mais de tudo e , consequentemente, mais dor.. de tipos diferente .. mas a gente aprende porque tudo isso faz parte de "crescer".

beijos, beijos.

14 de abril de 2011 12:55  
Blogger Nati Colchoc disse...

Concordo que a gente aprende, Tânia.
Bgs:*

17 de abril de 2011 14:14  

Postar um comentário

Oi, espero que tenha gostado do Blog, agradeço sua visita e/ou seu comentário, beijos.

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial