Bright Innocence

domingo, 9 de janeiro de 2011

Sede de água ou de viver?

Hoje eu acordei com uma sede tremenda. não era de água, de um suco colorido, de bebida forte, era sede de viver. Daquelas que batem fundo e fazem um burraco em nosso estômago, é aquela arte de perder tempo, pensando, raciocinando, refletindo, e a pior de todas as ações: esperando.
A gente espera acordar de bom humor, espera a plaquinha dele subir no msn, espera os amigos ligarem para marcar o encontro do dia, espera pelo reconhecimento no trabalho, espera que aquela espinha desapareça de nosso rosto, espera aquele show do ano acontecer, aquele carinha te dar o valor que você merece, espera, espera, e espera mais um pouco.
Já experimentou só por um dia, como seria bom, não pensar ou esperar nada?
As soluções estão bem na nossa frente, não sei porque fingimos que não estamos vendo, é só ir até a geladeira mais próxima , beber, e a sede passa. É só sair, se divertir, sorrir, que a espera se torna insignificante.

Marcadores: , ,

2 Comentários:

Blogger Rafa Paes disse...

Lindo texto *-*

9 de janeiro de 2011 23:36  
Blogger Sabrynah ♥ disse...

Eu adorei, parabéns!

22 de janeiro de 2011 13:39  

Postar um comentário

Oi, espero que tenha gostado do Blog, agradeço sua visita e/ou seu comentário, beijos.

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial